top of page

77 itens encontrados para ""

Outras páginas (18)

  • Mãos Pro Futuro | Logística Reversa

    Nosso programa Desde 2006, promovendo ações de logística reversa, proporcionando geração de trabalho, melhoria de renda e inclusão social por meio de parceria com cooperativas de catadores de materiais recicláveis. ​ ​ Desenvolvido como uma alternativa viável para o gerenciamento das embalagens pós-consumo, o projeto-piloto foi implantado em quatro municípios e em 10 cooperativas do Estado de Santa Catarina. ​ Entre outras inovações, o Mãos Pro Futuro tornou possível rastrear a destinação adequada das embalagens pós consumo, algo impensável há alguns anos, quando as cooperativas mantinham controles absolutamente informais. Desde 2017, as cooperativas realizam o registro e avalidação de suas notas fiscais através de nossa plataforma digital. Marly Andrade | Presidente da Coopernova Cotia Sr. José - Presidente Coop Comarei Itú Cooperativa COOPERCAPS Van de Divulgação Programa Mãos Pro Futuro Cooperativa Coopernova Cotia Marli Andrade Presidente da Coopernova Cotia - Ação divulgação Cooperados da Coopernova Cotia Marli Andrade - Presidente da Coopernova Cotia Cooperados Comarei de Itú Cooperativa COOPERCAPS Ação de Divulgação - Cooperativa Copernova Cotia Cooperativa Comarei - Itú Cooperativa COOPERCAPS Cooperados Comarei de Itú Cooperativa Comarei - Itú Cooperados Comarei Itú Reciclando COOTRABOM (RJ) COOTRABOM (RJ) Reciclando COOTRABOM (RJ) COORESGA ROSA VIRGINIA (CE) Marly Andrade | Presidente da Coopernova Cotia Sr. José - Presidente Coop Comarei Itú Cooperativa COOPERCAPS Van de Divulgação Programa Mãos Pro Futuro Cooperativa Coopernova Cotia Marli Andrade Presidente da Coopernova Cotia - Ação divulgação Cooperados da Coopernova Cotia Marli Andrade - Presidente da Coopernova Cotia Cooperados Comarei de Itú Cooperativa COOPERCAPS Ação de Divulgação - Cooperativa Copernova Cotia Cooperativa Comarei - Itú Cooperativa COOPERCAPS Cooperados Comarei de Itú Cooperativa Comarei - Itú Cooperados Comarei Itú Reciclando COOTRABOM (RJ) COOTRABOM (RJ) Reciclando COOTRABOM (RJ) COORESGA ROSA VIRGINIA (CE) Veja nosso vídeo Mãos Pro Futuro em números 204 Empresas aderentes. 182 Organizações de catadores de materiais recicláveis. +6.000 Catadores participantes. 165 Municípios contemplados (26 Estados + Distrito Federal). 163.845 Toneladas de materiais recicláveis recuperados em 2022. Nosso Selo Marca registrada do Programa de Logística Reversa Mãos Pro Futuro , disponibilizado para as empresas aderentes associadas às entidades representativas ABIHPEC, ABIPLA ou ABIMAPI Saiba mais Notícias I'm a paragraph. Click here to add your own text and edit me. It’s easy. Just click “Edit Text” or double click me to add your own content and make changes to the font. Saiba mais Título I'm a paragraph. Click here to add your own text and edit me. It’s easy. Just click “Edit Text” or double click me to add your own content and make changes to the font. Saiba mais Título I'm a paragraph. Click here to add your own text and edit me. It’s easy. Just click “Edit Text” or double click me to add your own content and make changes to the font. Saiba mais Título Mãos Pro Futuro Palestras - Mãos Pro Futuro realiza palestra sobre Logística Reversa na Empresa Dalie Cosméticos Mãos Pro Futuro Visita Técnica - COOPERCICLA, Rondonópolis, MT Mãos Pro Futuro Visita Técnica - COOPCENT, Brasília, DF 1 2 3 4 5

  • Mãos Pro Futuro | Logística Reversa

    Logística Reversa A logística reversa é um dos instrumentos para aplicação da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos. A Política Nacional de Resíduos Sólidos define a logística reversa como um “instrumento de desenvolvimento econômico e social caracterizado por um conjunto de ações, procedimentos e meios destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmente adequada." Recursos necessários para implementação do Mãos Pro Futuro A ABIHPEC, a ABIMAPI e a ABIPLA, junto às suas empresas associadas e aderentes ao programa, são responsáveis por providenciar os recursos financeiros necessários para: Estruturar - Garantir uma infraestrutura adequada para as cooperativas participantes do programa, por meio de adequações nos galpões, da aquisição de máquinas, caminhões e outros equipamentos, conforme as necessidades detectadas no diagnóstico. Capacitar - Realizar o acompanhamento técnico e prover assessoria especializada para as cooperativas de catadores de materiais recicláveis. Engajar - Engajar a população para a correta separação e entrega do material reciclável para a coleta seletiva. ESG A sigla ESG, refere-se a políticas adotadas pelas empresas que envolvem medidas ambientais, sociais e governamentais que visam a sustentabilidade coorporativa. ​ Ambiental (Environmental): Medidas administrativas que visam o cuidado com e preservação do Meio Ambiente; ​ Social (Social): Gerenciamento das relações com fornecedores, colaboradores e público-alvo em prol da diversidade, defesa dos Direitos Humanos e respeito à política de Defesa do Consumidor; ​ Governança (Governance): Planos de Liderança e remuneração com ética, transparência e Responsabilidade. 1. Indústria: A Indústria é responsável pela produção do produto e da embalagem; 2. Comércio: O Comércio é responsável por vender o produto ao consumidor; 3. Consumidor: O Consumidor é responsável por comprar e descartar a embalagem; 4. Coleta Seletiva: A Coleta Seletiva recolhe o material já separado pelo consumidor, destinando-o à Reciclagem; 5. Cooperativa/Central de Triagem: Nas Cooperativas de Catadores ocorre a separação dos materiais, por tipo e especificação; 6. Indústria Recicladora: A Indústria de Reciclagem transforma as embalagens novamente em matéria-prima. Responsabilidade Compartilhada

  • Mãos Pro Futuro | Coleta Seletiva

    Todas as embalagens são recicláveis? Mito. A reciclagem depende de tecnologia e de industrias que aceitem os materiais em escala comercial. Um objeto quando reciclado volta a ser o que era antes? Mito. Uma garrafa de vidro pode ser reciclada em outra da mesma cor e formato. Entretanto, a maioria dos objetos só podem ser transformados em outros produtos. Copos e garrafas plásticas são reciclados em baldes e cerdas de vassoura; caixas de leite viram placas divisórias ou telhas. Por isso, a produção dos originais continua utilizando sempre as matérias-primas virgens: petróleo, minérios, árvores, etc. Coleta Seletiva e reciclagem são sinônimos? Mito. Coleta seletiva é o processo de recolher os resíduos selecionados. Reciclagem é a atividade de destruir os resíduos e aproveitá-los na produção de novos bens. Consumimos 40% alem da capacidade de reposição dos nossos recursos naturais? Verdade. Quando somamos o consumo dos alimentos, da energia e dos recursos naturais, ultrapassamos em mais de 40% a capacidade atual de reposição de recursos do planeta. E a cada ano aumenta 2,5%. Calcula-se que, se todos os habitantes da Terra consumissem dentro dos padrões dos paises industrializados, precisaríamos de três planetas para suprir as atuais taxas de consumo humano. Recicláveis Papéis, plásticos, vidros, metais. Orgânicos Sobras de alimentos, borra de café Rejeitos Materiais não recicláveis O que é Coleta Seletiva? A Coleta Seletiva é um sistema de recolhimento de materiais recicláveis previamente separados pelos consumidores. Quando os consumidores participam da Coleta Seletiva, toda a sociedade sai ganhando. A reciclagem ajuda a preservar a natureza, contribui para um ambiente mais saudável e gera trabalho e renda para os catadores. Veja as Vantagens da Coleta Seletiva Materiais recicláveis são muitas vezes descartados sem a devida separação. Conheça Mitos e Verdades sobre a reciclagem e descubra o que pode e o que não pode ser reciclado. Conheça os Mitos e Verdades Papéis recicláveis: Jornais e revistas, envelopes, sacos de papel, embalagens ‘longa vida’, impressos em geral, papéis brancos, mistos, cartão e de escritório, papelões. Papéis não recicláveis: Parafinados, papéis sujos, papel higiênico, etiquetas adesivas, papéis metalizados, papéis plastificados, papéis de fax e carbono. Plásticos recicláveis: Embalagens de alimentos, embalagens de produtos de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos, embalagens de produtos de limpeza e afins, tampas, brinquedos, peças plásticas, tubos e cabos de PVC, sacos e sacolas, copos e vasilhas plásticas, embalagens de refrigerante, CD’s. Plásticos não recicláveis: Cabos de panelas, tomadas, embalagens metalizadas, adesivos, embalagem a vácuo, celofane, siliconizado, embalagem engordurada. Vidros recicláveis: Embalagens de produtos alimentícios, frascos de produtos de beleza e perfumes, copos, frascos de remédio vazios, jarras, garrafas em geral, vidro colorido. Vidros não recicláveis: Lâmpadas, espelhos, vidros temperados, tubo de TV, pirex, vidro de automóvel, cristal, porcelana e cerâmica. Metáis recicláveis: Latas de aerossol, latas de bebidas e alimentos, bacias e baldes, panelas sem cabo, latas de produtos de limpeza, grampos, fios elétricos, chapas, embalagens marmitex, pregos, parafusos e arames, objetos de alumínio, ferro, cobre e aço, latas de tintas com filmes secos. Metais não recicláveis: Esponja de aço, embalagens de congelados, clips. Como reciclar isopor? O Poliestireno Expandido – EPS (isopor) não é biodegradável, mas é reciclável. Saiba mais no site da Associação Brasileira do Poliestireno Expandido O que pode ser reciclado? O que é Reciclagem? Reciclagem é o processo de transformação dos resíduos sólidos para que possam ser reutilizados. O processo envolve a alteração das propriedades físicas, físico-químicas ou biológicas dos materiais para transformá-los em insumos ou novos produtos. ➜ Diminui a exploração de recursos naturais ➜ Reduz o consumo de energia ➜ Diminui a poluição do solo, da água e do ar ➜ Prolonga a vida útil dos aterros sanitários ➜ Possibilita a reciclagem de materiais que iriam para os aterros ➜ Diminui os custos da produção, com o aproveitamento de recicláveis pelas indústrias ➜ Diminui o desperdício ➜ Diminui os gastos com a limpeza urbana ➜ Cria oportunidade de fortalecer organizações de catadores ➜ Gera emprego e renda pela comercialização dos recicláveis ➜ Promove a inclusão social. Como contribuir Reutilize recipientes plásticos de produtos como margarinas ou sorvetes. Bem lavados, eles servem para guardar outros alimentos; Corretamente acondicionados, os alimentos permanecem frescos por mais tempo. Dessa forma, joga-se menos comida no lixo; Não jogue lixo em terrenos baldios, rios e córregos. Isto pode causar enchentes e contaminação por ratos e insetos; Separe os resíduos em casa. Depois, entregue os sacos para a coleta seletiva ou nos Pontos de Entrega Voluntária; Realize uma rápida pré-lavagem nas embalagens. Além de descontaminá-las, evita o mau cheiro e a atração de vetores. Mitos e verdades Vantagens da Coleta Seletiva

Ver todos

Posts do blog (59)

  • Visita Técnica - Mãos Dadas, Ribeirão Preto, SP

    No dia 20 de abril, nossa Coordenadora Técnica, Angela Martins, esteve presente na Cooperativa Mãos Dadas - Cooperativa de Agentes Ambientais Mãos Dadas - realizando um acompanhamento técnico. A visita teve como objetivo o planejamento sobre os próximos investimentos e ações estratégicas para melhoria da taxa de recuperação dos materiais recicláveis pela cooperativa, além da avaliação da performance atual das metas estabelecidas. A Mãos Dadas e o Programa Mãos Pro Futuro estão juntos nessa jornada, pela circularidade das embalagens pós-consumo, e inclusão dos catadores e catadoras de materiais recicláveis.

  • Palestras - Mãos Pro Futuro realiza palestra sobre Logística Reversa na Empresa Dalie Cosméticos

    Visando sempre reforçar a parceria com suas empresas aderentes e cooperativas parceiras, o Programa Mãos Pro Futuro esteve presente na Dalie Cosméticos realizando uma palestra sobre Logística Reversa. No dia 21de maio nosso Diretor de Desenvolvimento Sustentável, Fábio Brasiliano e nossa Coordenadora Técnica, Angela Martins realizaram uma palestra na empresa aderente do Programa Mãos Pro Futuro, Coiffer/Dalie Cosméticos em Cravinhos/SP. A fim de reforçar o compromisso com a Logística Reversa, promover o conhecimento sobre a reciclagem aos colaboradores e aproximar as cooperativas parceiras, o Mãos Pro Futuro apresentou seus resultados além de exemplificar seu funcionamento e metodologia operacional. Há 18 anos o Programa Mãos Pro Futuro oferece soluções de logística reversa, proporcionando geração de trabalho, melhoria de renda e inclusão social, por meio da parceria com cooperativas de catadores de materiais recicláveis em mais de 160 municípios.

Ver todos

Buscar

bottom of page